terça-feira, 25 de outubro de 2011

74ª sessão: Fiedler faz uma balanço da 28ª Oktoberfest

Em seu discurso, na sessão ordinária desta terça-feira (25), o vereador Fábio Fiedler (PSD) fez um balanço da 28ª edição da Oktoberfest e para Fiedler, o poder executivo consolidou a maior atração turística da cidade.

OKTOBERFEST
“A festa impulsiona o município não só de forma quantitativa, como também qualitativa. Temos muito a melhorar, claro, mas temos que registrar o que há de bom. Esta foi a melhor edição dos últimos tempos”.

CONSUMO DE BEBIDA
De acordo com Fiedler, o consumo de toda a bebida da festa ultrapassou a marca de Munique, na Alemanha. “Passou-se o tempo de uma cerveja só. Passou-se a época da festa que se primava só pela quantidade. Agora buscamos qualidade”.

DESFILES
O desfile também foi considerado outro ponto alto pelo parlamentar. “A população participou ativamente e mostrou o quanto gosta da nossa cultura, dos nossos antepassados”, elogiou Fiedler.

HOMENAGEM
No encerramento da festa, Fábio entregou uma moção a servidora Lilian Ribeiro, que há 25 anos participa da organização da Oktoberfest. “Ela se emocionou algumas vezes com o discurso de agradecimento do Norberto Mette. A carreira dela ficou marcada por esta festa. Através do trabalho dela e de muitos outros profissionais, nos tornamos capital da tradição e cultura alemã”.

UNIDADES HABITACIONAIS
Em outro momento, Fiedler falou sobre as unidades habitacionais, criticadas no discurso do vereador Vanderlei de Oliveira. Fábio pediu que os parlamentares petistas começassem a prestar mais atenção nas administrações feitas por seus companheiros, como na cidade de Gaspar. “A cidade de Gaspar, governada pelo PT, foi tão atingida quanto a nossa em 2008 e neste ano. Aqui 1800 pessoas já foram contempladas com apartamentos. Enquanto isto, lá 70 casas de plástico ainda não foram entregues à população. Além disso, o mato já está tomando conta dos arredores. As residências foram erguidas ao lado da rodovia da morte, a BR-470, e estão desprovidas de qualquer tipo de política de governo. Não tem pavimentação, tratamento de esgoto, creche, escola e unidade de saúde. Por isto, digo e repito, antes de apontarmos as dificuldades de apontar as dificuldades aqui, olhem para as administrações do PT nas cidades vizinhas”, assinalou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário